domingo, 30 de outubro de 2011

terça-feira, 25 de outubro de 2011

POESIA XAMÂNICA - Cocar - pena - pena - cocar!!!!

Amigas, segue a poesia xamânica que oferecí para a Emília na oficina de barro.
Desconheço o autor...
bjs pra todas
Regina


                                                 " Não sei se sou
                                                  a casca do ovo
                                                      ou sua gema


                                              se sou filha de deus
                                              ou alma-gêmea


                                                         se sou relâmpago fulgor
                                                          ou se sou serena


                                       só sei que a vida é pena
                                       mas que vale a pena tentar

                                                   pois cada golpe é uma pena
                                                   que se acrescenta ao cocar ."

(autor desconhecido)


FRASE DO DIA!!!!


"Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas palavras.
Mantenha suas palavras positivas, porque suas palavras tornam-se suas atitudes.
Mantenha suas atitudes positivas, porque suas atitudes tornam-se seus hábitos.
Mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores.

Mantenha seus valores positivos, porque seus valores... Tornam-se seu destino."
Mahatma Gandhi

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

HENRIQUETA - PARABÉNS!!!!!!


Soneto de aniversário

Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.

Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.

Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.

E eu te direi: amiga minha, esquece...
Que grande é este amor meu de criatura
Que vê envelhecer e não envelhece.


sábado, 22 de outubro de 2011

E ACONTECEU!!! E FOI ASSIM.....

ARTETERAPIA
OFICINA DE BARRO
Arte = Agir
Terapia = transformação
Arteterapia = Ação de transformar através da arte



A Oficina De Barro é um Processo Terapêutico que, através de atividade lúdica, amplia a criatividade e o potencial pessoal, onde a expressão artística é desprovida de valor estético, preocupada apenas em dar forma concreta ao imaginário simbólico.

A possibilidade de livre expressão de cada individuo, objetivando a recuperação de sua capacidade criativa é o principal a ser valorizado neste processo. O processo de criação é mais rico do que a obra.

Modelar a emoção põe a energia em movimento, traz a relação, o diálogo e o encontro com a natureza mais profunda, com o criativo. (Regina Chiesa)

Iemanjá - proteção

cenário - contemplação

mão andarilha

rolo - fogo que arde

baú - resguarda

madona - acalenta

Sereia - liberdade

luz/sombra - unidade


Medo, angústia, preocupação, coragem, amor, compreensão.
A mãe que protege, que reza e que dá benção!
O ninho é cheio, o coração é grande no mar da imensidão.
O infinito, o belo a proteção sem medo do medo e nem da escuridão.
Fazer agora na mutação.
Germinar a semente, colher os frutos da plantação.
grandeza, proeza,esperteza e superação.
Conquista,confia na proteção!!!!
(Regina Melo)


MÃO ANDARILHA
Assim como a palavra que toma a forma de brinquedo,
 como dizia o poeta,
a vida na mão de uma criança
cuja rica infância empinando pipa ou curica
improvisos faz inventos,
 inventa livre criação
de menina olhando joaninhas
ainda olha o mundo hoje
sob prisma colorido
sob a proteção de seres de luz.
(Ana)  


MÃE .... SEREIA
TERRA ....... MAR
FILHOS....... SEDUÇÃO
PÉ.......... CALDA
É na Terra que os pés dançam a música da natureza.
É na água que as emoções fluem e os sentimentos se refletem
seduzindo as crianças que dançam.
CRIA........CRIANÇAS
ONÇAS.......TIGRES
SEREIAS E MÃES
NATUREZA NA TERRA.
(Sandra Mara Boeschenstein )

ARTETERAPIA - OFICINA DE BARRO - 22/10/2011

 “Dando forma à argila, ele deu forma à fluidez fugidia de seu próprio existir, captou-o e configurou-o. Criando, ele se recriou.”. Fayga Ostrower

AGRADECIMENTOS - I Encontro da Rede Paranoarte

Nós, da Rede Solidária Paranoarte queremos agradecer a participação das artesãs e dos amigos que estiveram presentes em nosso encontro que aconteceu nesta sexta no Espaço Flor da Manhã.
Estavamos em torno de cinquenta (50) pessoas em total  harmonia.

E aí meus amigos, não tem como não lembrar de Cora Coralina e seus versos que nos inspiram a prosseguir essa longa caminhada. 

OBRIGADO!!!!

NÃO SEI...

Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar.
Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.






fotos acervo pessoal

ARTETERAPIA - OFICINA DE BARRO

ARTETERAPIA
OFICINA DE BARRO
Arte = Agir
Terapia = transformação
Arteterapia = Ação de transformar através da arte

“Dando forma à argila, ele deu forma à fluidez fugidia de seu próprio existir, captou-o e configurou-o. Criando, ele se recriou.”. Fayga Ostrower


A arteterapia é um ato de sentir, no qual além de falar, mostramos, criamos e retratamos sentimentos.
É uma atividade milenar, desenvolvida como técnica desde o início do século passado. Facilita o rompimento da armadura protetora dos sentimentos, liberando emoções mais profundas através da manipulação e contato com a arte.
É um processo dinâmico, espontâneo e criativo onde representamos simbolicamente, através da arte, nossos sentimentos e emoções, desenvolvendo autoconhecimento.
Ao criar, expressamos nossa existência e emoções mais profundas. A arteterapia tenta lidar com este processo.
Não há necessidade de qualquer conhecimento prévio para participar do processo de arteterapia, pois é priorizada a expressão criativa e espontânea.
A Oficina De Barro é um Processo Terapêutico que, através de atividade lúdica, amplia a criatividade e o potencial pessoal, onde a expressão artística é desprovida de valor estético, preocupada apenas em dar forma concreta ao imaginário simbólico.
A possibilidade de livre expressão de cada individuo, objetivando a recuperação de sua capacidade criativa é o principal a ser valorizado neste processo.
O processo de criação é mais rico do que a obra.

Modelar a emoção põe a energia em movimento, traz a relação, o diálogo e o encontro com a natureza mais profunda, com o criativo. (Regina Chiesa)

É poder criar, sem preocupação com a estética e sim preocupado apenas com a expressão dos sentimentos. È uma atividade regeneradora por favorecer um canal não verbal com o inconsciente. Modelagem em argila favorece um suporte a nossos afetos.

Sendo a argila modelável, facilita a espontaneidade registrando representações da vivência. Criando imagens tridimensionais comunicamos a dimensão pessoal, possibilitamos a percepção interna melhorando o auto conhecimento e a integração com o mundo.

Por ser uma atividade em grupo, não possui caráter interpretativo, ou seja, existe o comentário sobre o material produzido sem análise de seu conteúdo.
Trabalha temas como: medos, auto-estima, ansiedade, angustia, desconforto, tristeza, agitação, agressividade e outros sentimentos.
Favorece a diminuição de stress, o alivio de tensões e ansiedades, a melhoria de comunicação, a liberação de emoções e conflitos internos e a reorganização interna.

Auxilia na coordenação motora, no equilíbrio físico, mental e espiritual e a trabalhar metas e resolução de problemas.


As artes têm o poder de alcançar emoções profundas, podendo mudar a maneira como você se sente em relação ao mundo e a si mesmo”. (Daniel Brown)

OS ELEMENTOS
Segundo a tipologia junguiana e as funções reguladoras da consciência, os materiais como elementos alquímicos são classificados como:
Sentimento = Água
Pensamento = Ar
Sensação = Terra
Intuição = Fogo

Diversas culturas incluem os quatro elementos nas suas tradições filosóficas, religiosas e mitológicas, como sendo manifestações da energia primária, força vital ou prana.

Os alquimistas chamavam de quintessência o que é obtido a partir da síntese dos quatro elementos, relacionando-a ao ouro, sendo a flor um de seus símbolos.

Num pequeno tratado zen-budista sobre Bodhidharma, escrito em 1004 A.C., os elementos tradicionais são representados como as quatro qualidades que compõem a criação: luz(fogo), ar, fluidez(água) e solidez(terra).
Os elementos podem ser relacionados aos processos de como uma pessoa se adapta à realidade e como compreende o mundo. Na psicologia de Jung, eles estão relacionados aos processos elementares de consciência que ele chama de funções: intuição, sensação, sentimento e pensamento.
Estes exemplos, assim como muitos outros não citados aqui, revelam que os elementos foram considerados como uma realidade vital, com a qual os antigos tinham que lidar. Hoje, esta forte simbologia continua permeando grande parte do conhecimento, da mística, do imaginário e da psicologia; por isto tudo, a sua aplicação continua na prática terapêutica.

A Natureza Humana do Elemento Terra
   SENSAÇÃO = TERRA ...

É o Elemento mais estável e seguro - energeticamente, aquele com a vibração mais lenta e por isso mais densa.
A Terra é o mundo do corpo, dos sentidos físicos e dos próprios objetos com os quais nos relacionamos. É a Terra que dá forma e confere realidade, solidez, estrutura, a tudo o que existe. Por isso a Terra está associada às formas.

“Simbolicamente, a terra opõe-se ao céu como princípio passivo; o aspecto feminino; a obscuridade; o Yin”. (Dicionário de símbolos) 

A terra nos proporciona uma base estável, nos dá nutrição e proteção, simboliza o arquétipo da Grande Mãe Estão relacionados a este elemento, a segurança, a permanência, a estrutura, o corpo físico e o reino material. Também podemos relacionar as cores marrom e verde.
Este é o elemento ao qual somos mais próximos, já que é nossa casa. A terra não representa necessariamente a Terra física, mas aquela parte da terra que é estável, sólida, da qual dependemos.
A Terra é o reino da abundância, prosperidade e riqueza. Ela é o mais físico dos elementos, pois sobre ela todos os três se apóiam. Sem a terra a vida como a conhecemos não existiria.
Signos de Terra

Os signos com símbolos da terra -Touro, Virgem Capricórnio, - são realmente voltados para o plano físico e denotam sexualidade ou ausência dela. Cada um deles enfatiza diferentes aspectos dessa tendência, segundo sua qualidade, regente etc.
DEVEMOS NOS ABASTECER SEMPRE, ATRAVÉS DE NOSSA LIGAÇÃO COM A TERRA, PARA PODERMOS CONTINUAR LIVREMENTE, SEM NOS EXAURIRMOS. (...) NOSSA RAIZ É NOSSA FORÇA.” Jung


Ziza De Toni é Psicóloga, arteterapeuta e terapeuta comunitária. Possui experiência nas áreas clínica, escolar e de recursos humanos. Atua como moderadora de processos grupais participativos desde 2003.
Psicoterapeuta na abordagem junguiana, desenvolve oficinas de arteterapia individual e grupal como processo terapêutico e de autoconhecimento.
É também graduada em Comunicação Social/Relações Públicas.
Contato: 9123-2329

Bibliografia
BAPTISTA, Ana Luisa. Circulo psico-orgânico e ciclos arquetípicos na arteterapia. Imagens da Transformação nº9
CERRANO, Eveline. A argila como instrumento terapêutico e expressão do imaginário. Imagens da transformação nº 9
PAIN, Sara; JARREAU, Gladys. Teoria e técnica da arte-terapia; a compreensão do sujeito. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996
CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain.  Dicionário de Símbolo (mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números). 12. ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 1998.
CHIESA, Regina F. O diálogo com o barro e o encontro criativo. Coleção arteterapia. Casa do psicólogo. 
FRANZ, M. L.; HILLMAN, J. A tipologia de Jung. 3. ed. São Paulo: Cultrix, 2002.
JUNG, C. G. Tipos psicológicos. Petrópolis: Vozes, 1991. (Obras completas; 6).

 ESPAÇO FLOR DA MANHÃ
DISPONÍVEL PARA: VIVENCIAS - WORKSHOPS - CURSOS E CERIMONIAIS
SMLN - MI 03 CONJ. 03 CASA 37-A
CONTATO: HELENICE
(61) 9274-8908

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

OFICINA E VIVÊNCIAS DE ARTETERAPIA E BARRO

imagem: net

Sábado: 22/10/2011 de14 às 19 horas


 Oficina e Vivências de Arteterapia e Barro

A Oficina Expressiva de Arteterapia é uma atividade lúdica, que dá forma concreta ao imaginário simbólico por meio da expressão artística e amplia a criatividade e o potencial pessoal.  


É uma atividade milenar, desenvolvida como técnica desde o início do século passado. Facilita o rompimento da armadura protetora dos sentimentos, liberando emoções mais profundas através da manipulação e contato com a arte.
É um processo dinâmico, espontâneo e criativo onde representamos simbolicamente, através da arte, nossos sentimentos e emoções, desenvolvendo autoconhecimento.
É um Processo Terapêutico que, através de atividade lúdica, amplia a criatividade e o potencial pessoal, onde a expressão artística é desprovida de valor estético, preocupada apenas em dar forma concreta ao imaginário simbólico.
Trabalha temas como: medos, auto-estima, ansiedade, angustia, desconforto, tristeza, agitação, agressividade e outros sentimentos.
Favorece a diminuição de stress, o alivio de tensões e ansiedades, a melhoria de comunicação, a liberação de emoções e conflitos internos e a reorganização interna.

“Dando forma à argila, ele deu forma à fluidez fugidia de seu próprio existir, captou-o e configurou-o. Criando, ele se recriou.”. (Fayga Ostrower)

“A alma é para si mesma a experiência única e imediata e a conditio sine qua non da realidade subjetiva do mundo em geral. Ela cria símbolos, cuja base é o arquétipo inconsciente e cuja figura visível resulta das imagens adquiridas pelo consciente”. (Jung)

“Modelar a emoção põe a energia em movimento, traz a relação, o diálogo e o encontro com a natureza mais profunda, com o criativo”. (Regina Chiesa)

Não há necessidade de qualquer conhecimento prévio para participar da oficina,  pois é priorizada a expressão criativa e espontânea.

Facilitadora: Ziza De Toni, psicóloga, arteterapeuta, moderadora de processos grupais participativos, terapeuta comunitária.

CONTATO PARA INSCRIÇÃO:
Ziza De Toni zizadetoni@gmail.com
TEL: 91232329
Helenice Bastos: helenicebastos@gmail.com
TEL: 9274-8908

Contribuição: R$ 50,00 (CINQUENTA REAIS com material incluso)

LOCAL:
ESPAÇO FLOR DA MANHÃ
DISPONÍVEL PARA: VIVENCIAS - WORKSHOPS - CURSOS E CERIMONIAIS
SMLN - MI 03 CONJ. 03 CASA 37-A
CONTATO: HELENICE
(61) 9274-8908

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

DIVULGAÇÃO: O Poder Dinâmico da "Visualização Criativa"

" A Visualização Criativa e seu poder transformador "

PALESTRA GRATUITA
Tema: 
  " A Visualização Criativa e seu poder transformador " 
Sexta-feira , dia 21/10,  às 19:30h 
Local da Palestra e do Curso :
EQE 309/310   SUL - 2Andar (lado Igreja Anglicana)  - Esc. Ellen Lennox

Transformar obstáculos em ferramentas propícias a seus objetivos;
Sair do papel de vítima para o lugar de dono do seu destino;
 Aprender a dividir suas conquistas com as pessoas ao seu redor, sem tentar controla-las;
Conhecer e respeitar as leis que regem o Universo;
Corrigir possíveis desvios no caminho para seu objetivo;
Ter ferramentas para aceitar os erros na realização das metas e avalia-los;
Clarear seu plano de vida e definir metas particulares.
Isso facilita o aparecimento delas em sua vida;
 Manter-se aberto ao novo!
 E nos dias seguintes...

Curso:
O Poder Dinâmico da "Visualização Criativa"
Dias 22 e 23 de Outubro
(Sábado e Domingo) 
  http://www.visualizecriativa.com/

 "A teoria indica e a prática confirma que, quando focalizamos nossa mente em algo, e a isto somamos o sentimento, a visualização e a emoção, para finalmente expressa-lo, estamos exteriorizando e materializando um poder que estará afetando os reinados da matéria!" 

Programação:
 
Nesse Curso você entrará em contato, de maneira prática, com:

* Características do consciente e subconsciente;
* Os fundamentos básicos da Visualização Criativa, a maneira de criar, armazenar e utilizar, eficientemente, sua energia, reconhecendo os mecanismos de "escape"; * Estabelecimentos de metas para sua vida;
* Possibilidades de transformar suas imagens em imagens eficientes e ligadas às suas metas;
* A maneira de proteger, energeticamente, você  em sua vida diária, os locais em que vive e trabalha;
* O uso da "Bolha Cor de Rosa", para liberar preocupações, dúvidas e angústias;
* A construção do seu "Refúgio Mental";
* A ligação à Terra, ao Sol e ao seu Coração.
Centrar-se!
* A maneira de tornar a sua vibração energética mais harmoniosa, usando Visualização Criativa; 
* A formação do "Espaço da Prosperidade", na sua mente;
* A Valorização e o Agradecimento pelo que já conseguiu;
* A Visualização " Luz Rosa do Amor Incondicional" - efeito cientificamente comprovado segundo Bruce Lipton em "Evolução Espontânea", paginas 367/368, versão alemã;
* Desenvolvimento da confiança em si mesmo e em suas qualidades;
* O uso da "Roda da Sorte" - Catherine Ponder - para representar em imagens suas metas e assim torna-las efetivas;
* O uso de afirmações ligadas às metas de vida e às visualizações;
*O uso do poder dinâmico e transformador da Visualização Criativa nas diferentes áreas da sua vida: emoção e espiritualidade, relacionamentos, saúde e satisfação, prosperidade, força interior, profissão, harmonia familiar e realização pessoal.

Como você deve ir e o que levar:Com roupas leves! Será necessário uma meia, manta, almofada e/ou um colchonete, porque você vai estar a maior parte do tempo sentado(a) ou deitado(a) no chão e queremos que esteja confortável!
Entretanto, pode-se ficar sobre cadeiras, com os pés levantados!
Pedimos também, revistas usadas que te interessem (moda/decoracao/viagem/saúde/psicologia/carro), canetinhas coloridas, tesoura para papel, cola branca pequena, régua e uma cartolina. Teremos grandes momentos de relaxamento e criatividade!


Alzira Boechat, estuda Visualização Criativa desde 1988 quando chegou a Lausanne na Suíça. Logo depois, encontrou-se com Nicole Van Singer, com quem muito aprendeu sobre VC e com quem formou-se em Reiki I, II e III e participou de grupos de práticas de Reiki e do "Jogo da Transformação", adquirindo assim maior experiência. Com esse grupo, experienciou os efeitos poderosos da Visualização Criativa na transformação, em todos os aspectos de sua vida, com a assiduidade da prática consciente. Formou-se em Gesundheitprakterin für spirituelle Wegbegleitung und Persönlichkeitbildung.
Frequentou seminários sobre VC na Alemanha, inclusive com Robert Betz, terapeuta e autor alemão de livros ainda não traduzidos para o português e de quem usa algumas visualizações, com muito sucesso. Em 2008 voltou a Lausanne para fazer mais dois cursos de Psych-K®: o Psych-K® Basic e o Psych-K® Advanced,   a convite de Nicole Van Singer.
Torna-se então, Terapeuta de Psych-K®, um método poderoso, permitindo fazer contato com o subconsciente e transformar as crenças limitadoras, em crenças que apóiam na realização das intenções,
e assim poder viver mais feliz.

*CURSO COM CERTIFICADO OFICIAL* 
VALORES
R$ 300,00 à vista
R$ 320,00  no dia


OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Toda pessoa que trouxer um amigo para o curso ganha 10% de desconto sobre o valor/forma de pagamento escolhido. Desconto de 10% para APOSENTADOS E ESTUDANTES!

ATENÇÃO:   Para os   ATENDIMENTOS é preciso fazer o agendamento, que podem acontecer de 20/10 até o dia 25/10.
Favor entrar em contato por email  info@visualizecriativa.com ou com Helenice de Castro Amorim(99881714)
       
 Terapia Psych-k® com   Alzira Boechat ,

Psych-k® é um método organizado, faz poucos anos, por um autor e psicólogo americano, Robert M. Williams.
Esse método permite reconhecer uma crença limitadora, acessa-la e transforma-la em crença que apóia na realização dos propósitos de vida. Abre portas para o reconhecimento e uso dos potenciais até então desconhecidos e portanto, ignorados. Libera a energia que era gasta indevidamente, nos liga à Fonte e a todas as qualidades que se tem, mas que não eram percebidas, por estarem OCULTAS por uma crença limitante, que sabotava o brilho e o direito à plenitude.
Aliado à Visualização Criativa e ao trabalho com a Criança Interior, ou usando apenas ele, é muito eficaz na transformação dessas situações para uma vida melhor, mais realizadora e com relacionamentos mais profundos e prazerosos.
Método Psych-k® e VISUALIZAÇÃO CRIATIVA comece a criar uma outra realidade em sua vida a partir do seu primeiro contato. 

I ENCONTRO DA REDE SOLIDÁRIA PARANOARTE

Dia 21 de outubro de 2011, acontecerá no Espaço Flor da Manhã o I ENCONTRO DA REDE SOLIDÁRIA DE ARTESANATO E CULTURA POPULAR PARANOARTE

Convidamos a todos, amigos e simpatizantes para participar conosco deste momento de encontro!!!
"Os bons encontros surpreendem, nos impulsionam, nos fazem ser outros de nós mesmos. Que venham bons encontros com pessoas, com idéias, com livros, com músicas, com arte, com vida."

PROGRAMAÇÃO:

- Oficinas de artesanato;
- Oficinas de arteterapia;
- Oficinas lúdicas;
- Roda de Terapia Comunitária;
- Palestras

HORÁRIO: 13:00 as 17:00h
ESPAÇO FLOR DA MANHÃ
DISPONÍVEL PARA: VIVENCIAS - WORKSHOPS - CURSOS E CERIMONIAIS
SMLN - MI 03 CONJ. 03 CASA 37-A
CONTATO: HELENICE
(61) 9274-8908

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

ESPAÇO ABERTO - mágoa

Quando o sentimento não é trabalhado na mente, ele acaba sendo transferido ao corpo e se materializando em diversos males. Entre outras coisas, isso acontece em razão da dificuldade que a pessoa encontra em lidar com o mundo externo e resolver seus problemas e suas dificuldades
A raiva é uma reação forte, que surge naturalmente quando alguém sofre um mal premeditado, é perseguido ou injustiçado. É fácil chegar a esta conclusão. Sabe por quê? Quem é que vai nutrir satisfação e contentamento por alguém que bate na sua face? Tenta lhe derrubar de todas as formas e propaga os piores comentários a seu respeito? Anormal seria sentir o contrário, já que toda pessoa possui um conjunto de emoções que a faz reagir de acordo com as circunstâncias.
A dor originária de uma sabotagem ou traição, segundo especialistas, deve ser compreendida e jamais pormenorizada. Quem, por maldade de terceiros, teve a honra, a moral e a própria existência colocadas em xeque sabe o que decorre de tais atitudes. Até aí, tudo bem. O que os estudiosos chamam a atenção é o tempo que este sentimento dura, o espaço que ele ocupa e o significado que passa a ter na vida de uma pessoa. O problema não está em sentir a raiva, mas sim como ela é tratada e o destino que recebe. A raiva, como sentimento temporário, pode servir até como alívio e uma maneira de escoar uma energia. Mas, se armazenada e nutrida, pode se tornar crônica como uma doença e resultar em mágoa e ressentimento.
Esses dois vocábulos, segundo o Aurélio, têm praticamente os mesmos significados. A mágoa diz respeito a um sentimento de tristeza, pesar e desgosto causado por uma ofensa. Do latim, quer dizer mácula, mancha. De certa forma, torna-se mesmo uma mancha, até indelével para muitas pessoas, já que elas não conseguem se desvencilhar das lembranças de maldades ou prejuízos que lhe causaram. Ressentimento é rancor, uma mágoa que se guarda de uma ofensa. Pela própria formação da palavra, é fácil concluir que ressentir é sentir de novo. Dessa forma, quando alguém se diz ressentido por alguma coisa, significa que ele torna a sentir o que lhe fizeram. Isso implica em sofrimento por não ter conseguido elaborar a dor emocional.
BRASA ARDENTE
Considerada irrelevante e um simples sentimento por muitas pessoas, a mágoa cultivada é potencialmente um veneno que, uma vez instalado, pode contaminar seriamente um indivíduo. Popularmente, costumam compará-la a uma brasa quase em chamas. É claro que ninguém vai querer fazer esse teste, mas tente visualizar alguém querendo atingir o seu ofensor com uma brasa na mão. Enquanto ele espera para jogá-la, inevitavelmente, vai ser queimado. Psicólogos concordam com esta comparação e afirmam que a retenção da mágoa gera um desequilíbrio bioquímico que pode afetar o corpo inteiro. Daí, podem decorrer diversas outras desordens nesse órgão e não apenas no seu descompasso. O estômago e o intestino também funcionam, muitas vezes, como órgão de choque para aqueles que vivem em função deste sentimento. Na verdade, o acúmulo de mágoa altera todo o metabolismo de uma pessoa.
Segundo o médico Mário Miyazato Filho, o mesmo mecanismo que acelera o coração é responsável também por muitas doenças gastrintestinais. Ele explica que acontece um processo de somatização que pode gerar diversas manifestações difíceis até de se imaginar. A mágoa, segundo ele, gera altas cargas tóxicas, podendo ser a porta de entrada para muitas doenças, uma vez que interfere diretamente no sistema imunológico.
MUNDO INTERIOR X MUNDO EXTERIOR
A psicóloga Cleuza dos Anjos explica que as pessoas rancorosas são as mais propensas a reterem mágoa porque estão sempre trabalhando com algo interior. “Quando elas vivenciam uma situação dolorosa, não conseguem enfrentar a dor emocional daquele momento. Supervalorizam o acontecimento e sentem-se injustiçadas. Tal comportamento passa a ocupar um lugar muito grande em sua mente e suas emoções. Pela dificuldade que têm em lidarem com o mundo externo, passam a viver o mundo interno com muita dor.”, analisa.
Hoje, está mais que comprovado que corpo e mente estão intrinsecamente ligados. Não há como separar um do outro. A Medicina Psicossomática, que estuda muito bem essas questões, constata que se um sentimento não foi bem elaborado em termos psíquicos, certamente vai causar um impacto negativo no corpo. Cleuza dos Anjos concorda com essa visão e complementa: “Cabe ao organismo dar um direcionamento à energia que foi gerada. Então, se a mágoa não foi bem trabalhada na mente, será transferida para o corpo, podendo se materializar em forma de doenças.”, completa.
Cleuza classifica como “inferno interior” o sofrimento que muitas pessoas carregam em conseqüência da mágoa que nutrem. “Elas ficam presas e carregam um fardo muito grande, uma vez que rotineiramente remoem a ofensa sofrida. A mágoa é como se fosse um direito da pessoa em manter a ofensa recebida. Só que a sua manutenção exige muito do organismo porque o magoado está sempre de sobreaviso e como vítima da situação.”, explica.
MÁGOA DURADOURA
O fato que aconteceu com o administrador de empresas A.S.R., 49 anos, poderia ter resultado em seu próprio extermínio, caso ele não tivesse se conscientizado da armadilha que seu temperamento estava lhe preparando. De meados de 1984 ao final de 1991, ele literalmente viveu um autoflagelo, em razão de um sentimento de mágoa que cultivou. Dias negros, permeados pela tristeza, amargura, desesperança e um profundo sentimento de menos-valia.
A.S.R. conta que sofreu uma difamação muito grande por parte de alguém de seu convívio. Embora infundados, os comentários colocavam em xeque a moral e honra do administrador, fato que desencadearia uma mágoa intensa e duradoura. Sustentá-la seria uma forma de punir a pessoa que o havia difamado. Só que A.S.R. não sabia que a sua postura se voltaria contra si mesmo. Coincidência ou não, ele passou a sofrer os impactos que um sentimento dessa ordem pode causar. A lembrança de ter sido vítima era que fomentava o acúmulo da mágoa. “Eu dava um valor muito grande àquele acontecimento, a ponto de pensar dia e noite no que havia sofrido. Aquela mágoa praticamente se tornou um estilo de vida que me atrapalhou em tudo.”, afirma.
O sentimento que parecia cristalizado começou a se desfazer por meio de uma leitura que tratava sobre os vários tipos de temperamentos. Ali, A.S.R., começou a perceber que ele se enquadrava exatamente no perfil de uma pessoa melancólica. A leitura o levou a importantes reflexões e ao desejo de se aprofundar mais no assunto e buscar ajuda. Era pontinha do iceberg, mas que serviu como um grande sinalizador para a amenização do sofrimento de tantos anos.
A.S.R. diz que começou a perceber o quanto era fragilizado emocionalmente e, por essa razão, atribuía valores altos a coisas não tão importantes. “Hoje, tenho a consciência que a imaturidade emocional nos faz ampliar o valor dos acontecimentos. Inconscientemente, colocamo-nos na posição de vítima e queremos culpar alguém por nossos sentimentos, quando, na verdade, o problema está em nós mesmos. Apesar de ter adquirido esse entendimento, sei que tenho a propensão de ficar ressentido com facilidade. Atualmente, entretanto, procuro não dar tanta importância às coisas desagradáveis e sim valorizar às que me fazem bem.”, conclui.
Para finalizar, ele deixa dois versículos bíblicos que o ajudaram muito em sua caminhada na resolução da mágoa: “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração, o espírito se abate” (Prov. 15, 13) e “Todos os dias do aflito são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo” (Prov. 15.15).
CAMINHOS DO CONCERTO
Cada pessoa vai ter uma reação diferente diante de uma ofensa sofrida. Muitos reagem instantaneamente ao problema e não acumulam mágoa. Outros não agem de tal maneira, mas, conforme dizem popularmente, “Ficam de camarote, esperando que um mal aconteça àquele que lhe prejudicou”. Em conseqüência, deixam de viver a sua vida e concentram toda a sua energia totalmente na expectativa de ver a queda de seu algoz. Revivem o mal sofrido com o forte desejo de vingança, o que para os especialistas jamais será um remédio, e sim um veneno que vai contaminar a alma.
A mágoa pode durar um dia, seis meses, dez anos ou até a vida inteira. Esse tempo, segundo especialistas, não está ligado à dimensão e à gravidade do que nos fizeram, mas com a dificuldade que a pessoa tem em lidar com suas questões interiores.
Para Cleuza dos Anjos, a mágoa jamais deve ser camuflada ou fingida. Ao contrário, a pessoa precisa se conscientizar e admitir que sofre com o sentimento. Depois, deve buscar ajuda de um amigo, um familiar ou de um religioso para compartilhar o seu sofrimento. Há situações que necessitarão também de um suporte psicológico. Esse trabalho vai ajudar o paciente a buscar o autoconhecimento, identificar minuciosamente o verdadeiro significado da mágoa e o porquê de o fato gerador deste sentimento o ferir tanto.
A psicóloga diz que o outro caminho do concerto é que o magoado vá até o seu ofensor e fale sobre os seus sentimentos. Ela afirma que essa atitude funciona como um mecanismo de catarse que pode amenizar ou acabar com a mágoa retida. Outras pessoas vão classificar esse gesto como um caminhar na contramão da lógica. Às vezes, é mesmo. Já que para obter a paz, determinadas situações vão exigir o contraditório, que se trafegue em direção oposta à razão.
Para concluir, Cleuza diz acreditar que a cura efetiva da mágoa acontece mesmo por meio do perdão. Somente ele, vai libertar a pessoa da escravidão e de todo o peso que carrega em sua vida{.}
Redação e Administração: Av. Brasil, 6032 - Sala 101
Maringá - Paraná