sábado, 25 de fevereiro de 2012

HERMUSCHE



Nos primeiros começos de Brasília      

29 de Junho de 2008

"Eram todos cegos. É por isso que em Brasília não há onde esbarrar. Os brasiliários vestiam-se de ouro branco. A raça se extinguiu porque nasciam poucos filhos. Quanto mais belos os brasiliários, mais cegos e mais puros e mais faiscantes, e menos filhos. Os brasiliários viviam cerca de trezentos anos. Não havia em nome de que morrer. Milênios depois foi descoberta por um bando de foragidos que em nenhum outro lugar seriam recebidos: eles nada tinham a perder. Ali acenderam fogo, armaram tendas, pouco a pouco escavando as areias que soterravam a cidade. Esses eram homens e mulheres, menores e morenos, de olhos esquivos e inquietos, e que, por serem fugitivos e desesperados, tinham em nome de que viver e morrer. Eles habitavam as casas em ruínas, multiplicaram-se, constituindo uma raça humana muito contemplativa. – Esperei pela noite como quem espera pelas sombras para poder se esgueirar. Quando a noite veio percebi com horror que era inútil: onde eu estivesse eu seria vista. O que me apavora é: vista por quem? – Foi construída sem lugar para ratos. Toda uma parte nossa, a pior, exatamente a que tem horror de ratos, essa parte não tem lugar em Brasília. Eles quiseram negar que a gente não presta. Construção com espaço calculado para as nuvens. O inferno me entende melhor. Mas os ratos, todos muitos grandes, estão invadindo. Essa é uma manchete invisível nos jornais. – Este grande silêncio visual que eu amo. Também a minha insônia teria criado esta paz do nunca. Também eu, como eles dois que são monges, meditaria nesse deserto. Onde não há lugar para as tentações. Mas vejo ao longe urubus sobrevoando. O que estará morrendo, meu Deus? – Não chorei nenhuma vez em Brasília. Não tinha lugar. – É uma praia sem mar. – Em Brasília não há por onde entrar, nem há por onde sair. – Mamãe, está bonito ver você em pé com esse capote branco voando. (É que morri, meu filho). – Uma prisão ao ar livre. De qualquer modo não haveria para onde fugir. Pois quem foge iria provavelmente para Brasília. – Prenderam-me na liberdade. Mas liberdade é só o que se conquista. Quando me dão, estão me mandando ser livre. – Todo um lado de frieza humana que eu tenho, encontro em mim aqui em Brasília, e floresce gélido, potente, força gelada da Natureza. Aqui é o lugar onde os meus crimes (não os piores, mas os que não entenderei em mim), onde os meus crimes gélidos tem espaço. Vou embora. Aqui meus crimes não seriam de amor. Vou embora para os meus outros crimes, os que Deus e eu compreendemos. Mas sei que voltarei. Sou atraída aqui pelo que me assusta em mim. – Nunca vi nada igual no mundo. Mas reconheço esta cidade no mais fundo de meu sonho. O mais fundo de meu sonho é uma lucidez."
(...)

Reproduzido do livro "Abstrata Brasília Concreta", de W. Hermuche.

FONTE: http://www.brasiliapoetica.blog.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=889&Itemid=1

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

GENTILEZA GERA GENTILEZA


" Seu verdadeiro nome era José Datrino, nascido em 1917. Antes de tornar-se “Profeta”, Datrino possuía uma empresa de transporte de cargas e residia, com sua família, no bairro de Guadalupe, Rio de Janeiro. Possuía muitos bens, uma casa, três terrenos, três caminhões, mas a partir de sua “revelação”, deixou tudo para a família e ganhou um nova identidade: o Profeta Gentileza que, aos poucos, tornou-se uma figura popular na cidade. Gentileza andava por vários bairros do Rio, Niterói e Baixada Fluminense e também andou pelo Brasil, pregando o amor pela natureza, a paz e… a gentileza. A partir dos anos 80, começou a inscrever mensagens nas pilastras do Viaduto do Caju, no Rio de Janeiro, formando um verdadeiro “livro” de concreto, que foi recentemente restaurado e está em processo de tombamento pela Prefeitura do Rio. O Profeta Gentileza morreu em 1996, aos 79 anos, mas o seu trabalho, pela mensagem que encerra, está sendo reconhecido por muitos setores da arte e da cultura, entre os quais a cantora Marisa Monte, que compôs e gravou uma música em sua homenagem." Clotilde Tavares

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

FRASE DO DIA!!!! - DEDICADA A MINHA AMIGA MARLENE.

                                                     imagem net

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

DESPERTAR O CORPO

 
La palabra en sánscrito CHAKRA significa literalmente rueda, y hace referencia a... centros energéticos en donde se condensa, circula y transforma la energía vital o prana.
FONTE:
http://www.facebook.com/#!/pages/El-despertar-del-Cuerpo-Sagrado/341309672567669

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

DIVULGAÇÃO - OFICINA - MEDICINA DO XALE


Para alguns povos tribais, o Xale simboliza o retorno ao lar e aos braços da Mãe Terra e significa sentir-se envolvido pelo seu amor e proteção.

A cerimônia da Tomada do Xale foi um ensinamento que surgiu numa época em que alguns desses povos não conseguiam mais viver no mundo dos brancos. Esses, que escolheram voltar para casa e abraçar os ensinamentos dos seus anciões, foram os primeiros a Tomar o Xale.

Para os índios, ele simbolizava o retorno ao lar. Estamos num momento de recordar nossa essência e nossos potenciais. Podemos voltar a ser como antes, um modo de ser que já fez parte do nosso passado e que ficou esquecido por uns tempos. Podemos voltar para o encanto e a magia com os quais já convivemos, ou então para um novo estado de euforia e felicidade.

Vestir o xale é voltar para casa, para os braços da Mãe Terra; é voltar a ser amado. Tome seu Xale e sinta também a responsabilidade de amar os outros, de amar aqueles que se esqueceram de trilhar o Caminho Sagrado, que não encontraram ainda o Caminho de volta ao lar.

O XALE
A Mãe Terra acolhe em casa seusfilhos
Quando eles se extraviam.
O caminho era ermo e comprido,
Ela lhes sussurra que fiquem,
Sob a proteção do Xale,
Onde o amor volta a habitar.
Seus corações podem abrir-separa recordar
Todos os Parentes como seus amigos.
 - Jamie Sams

 Sobre a Oficina Medicina do Xale

Queridas amigas, mulheres e buscadoras! Abraços e gratidão a todas vocês que partilham deste Caminho Sagrado comigo.
Tecer é uma atividade muito feminina e a costura nos faz relembrar as avós, nossas mães e algo que vem se perdendo em nossas vidas de"tempos modernos". Com isso também estamos aos poucos perdendo hábitos importantes, como cozinhar para a família e cuidar dos filhos, delegando essas funções importantes para outras pessoas. Por isso ouvimos tanto falar em trabalhar o feminino! Claro, de fato deixamos o nosso feminino de lado junto com essas e outras tarefas e começamos a empreender uma busca por outrasatividades, até então consideradas masculinas.
Vamos fazer nossos Xales para consagrá-lo no mês das Mães, mês das mulheres, para celebrar o feminino, a vida, a nutrição, o alimento, o seio, a gestação, a criação do universo e de todas as formas criadas.  Mesmo quem já fez um Xale pode começar a fazer outro. É um presente incrível para ser doado num give-away, cerimônia de desapego e é muito bom quando rezamos juntas! Isso nos fortalece e nos une.
A História da Medicina do Xale: Desde que fui presenteada com o Xale de Felicity Mcdonald, usado em Danças Sagradas, senti uma força e uma energia de amor muito forte. Foi um presente maravilhoso, especialmente por ela ter passado essa Medicina, como recebeu da tradição. Pediu apenas para eu partilhar com outras mulheres que trilham o caminho da felicidade, do amor e da busca pelo aprimoramento interno. E assimestá sendo! Vamos agora iniciar o 4º grupo e vocês são convidadas! AHOW!

Quem teve oportunidade de usar o xale sentiu a força e a energiade cura que ele carrega. É um Xale especial pois cada franja é rezada com uma intenção de cura.

O Xale é uma peça de cura, que deve ser usado apenas em Cerimônias Sagradas como Danças, Rituais, Busca da Visão ou em trabalhos terapêuticos, quando a pessoa precisa se reconectar com a Terra, sua nutrição, memórias dos antepassados e especialmente lembrar os Contratos Sagrados assumidos antes do nascimento.

Sinta esse chamado no seu coração, junte-se a nós nessa Medicinae venha fazer seu Xale e colocar nele suas intenções de cura! Quem o tocar receberá toda a vibração de suas rezas. É dando que se recebe e nesse maravilhoso fluxo da vida, abrimos as portas internas para mais e mais energia de amor, prosperidade, felicidade, encontro paz e harmonia.
Convido todas vocês para fazermos nossos Xales e rezarmos por todas nós, pelos nossos parentes, amores, desafetos, antepassados, por todas as nossas relações e pela Mãe Terra!

SOBRE O TECIDO:
Para frente: escolha um tecido especial, com estampa que tenha sintonia com a energia que você deseja usar nas suas Cerimônias Sagradase com o trabalho sobre si que vem fazendo.

Para o forro: alguma cor lisa que combine com a frente,ambos em tecido 100% algodão. Por exemplo:
·       se é o feminino que está trabalhando, escolha uma estampa bem feminina, suave,delicada;
·       se precisa de leveza, escolha borboletas, pássaros, etc.
·       se é força, algo que tenha a ver com magia, terra ou um animal bem forte.

MEDIDA:
O xale costurado deve medir: Retângulo de 1,60 de largura X 1,10 de comprimento. Costura embutida e depois com um arremate bem próximo à borda. Qualquer costureira pode fazer, é bem simples.

PARA A OFICINA DO XALE, você vai precisar:
-02 tecidos 100% algodão
-08 rolos de 100 metros de fitas de cetim dupla face (número 0). A quantidade de fitas depende da distância entre uma e outra.
-01 agulha de tapeçaria, com ponta fina, que passe a fita no fundo
-01 abridor de casas (encontra também em armarinho)
-01 vela e suporte
-02 pacotes de tabaco de qualquer marca

Observação: Leve o tecido já costurado (frente e verso) e as fitas já cortadas (70 cm cada) equeimadas as pontas para não desfiar. Use uma vela para isso e apenas aproximedo calor para não escurecer a fita e embolar a ponta (depois fica difícilpassar no fundo da agulha).

ENERGIA DE TROCA: R$ 148,00

DATAS DOS 3 ENCONTROS:

04 de MARÇO - domingo - 15h às 18h -
LOCAL: OM TARE - 506 sul Bl. A nº 19, sala102 - BRASÍLIA

01de ABRIL - domingo - 15h às 18h -
LOCAL: OM TARE - 506 sul Bl. A nº 19, sala102 - BRASÍLIA

06 de MAIO - domingo - 15h às 19h30 – Consagração do Xale -
Chácara PedraFundamental

Abraços fraternos, luz, paz e amor.
Peço o carinho de vocês na divulgação do convite para suas amigas.

Inscreva-see comece a tecer o seu Xale!

Valéria Bastos
TerapeutaHolística
9217.1295
www.recantodoarcoiris.com.br
recantodoarcoiris.cavalcante@gmail.com

DIVULGAÇÃO - DANÇAS CIRCULARES

OM TARE - 506 sul Bl. A nº 19, sala102



<iframe height="344" src="http://www.youtube.com/embed/-TrJktkyXVw?fs=1" frameborder="0" width="459" allowfullscreen=""></iframe>
http://www.youtube.com/watch?v=-TrJktkyXVw&feature=player_embedded#!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

ESPAÇO DE FALA!!!! PAINEL SOCIAL


MÁRIO VOLPI - TRABALHO INFANTIL

IVANECK PEREZ - TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL

CARMEM FORO - MULHERES - POLÍTICAS PÚBLICAS

IV Módulo do Curso de Formação em Terapia Comunitária Integrativa


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

DIVULGAÇÃO - CURSO DE CULINÁRIA - "Projeto Gourmet-Social"- PROFISA

Curso de culinária - projeto profisa

No mês de Fevereiro terá o curso de MASSAS, LANCHES E VARIADOS DE FILÉ.
Esses cursos fazem parte de um "Projeto Gourmet-Social"- PROFISA.
 O PROFISA consiste em oferecer cursos culinária e de cuidados domésticos para mulheres de baixa renda, para facilitar a inserção no mercado de trabalho com um currículo melhor qualificado. Os cursos são fornecidos pra elas sem nenhum custo, e toda verba para esses cursos vêm dos cursos pagos. que são esses que citei.
Sendo assim quem pode paga, aprende e se delicia com um jantar, porque comemos tudo que é feito na aula, e ainda ajuda mulheres carentes a terem melhores oportunidades!! Pode levar vinho pra degustar com os pratos servidos. Eu estou super colocando em prática o de risoto!
Caso alguém se interesse em aprender cozinhar com um chef e ainda de quebra ajudar na concretização do projeto deles, entre em contato com a Marcela- 8407-3415.
Segue abaixo o cardáprio de cada curso com a data, os cursos tendem a se repetir ao longo dos meses. Divulgeum para os conhecidos!!
 PROGRAMAÇÃO
Estamos com vagas abertas para 3 novos cursos em fevereiro:
1°/fev - Massas
8/fev - Lanches
15/fev - Variados de Filé.
CURSO DE MASSAS- 1°/fev (quarta-feira)
Instrutores: Nazareth Buralli e Marcos Luz
Mín 10 alunos / Máx 12 alunos
Data: 01/02/2012 -- Horário: de 19h às 22h30
Local: SHIN QI 1 conj. 10 cs 04 - Lago Norte
Valor: R$ 80
Cardápio:
   Macarronada da Mama
Fettuccine com gorgonzola
Papardelle ao pesto com presunto de parma
Espaguetti à carbonara
CURSO DE LANCHES- 8/fev (quarta-feira)
Instrutores: Nazareth Buralli e Marcos Luz
Mín 10 alunos / Máx 12 alunos
Data: 08/02/2012 -- Horário: de 19h às 22h30
Local: SHIN QI 1 conj. 10 cs 04 - Lago Norte
Valor: R$ 70
Cardápio:
    Pastas Variadas
Torta fria de pão de forma
Torta de frango
Quiche de ricota com espinafre
Torta doce de frutas
CURSO DE VARIADOS DE FILÉ- 15/fev (quarta-feira) Instrutores: Nazareth Buralli e Marcos Luz
Mín 10 alunos / Máx 12 alunos
Data: 15/02/2012 -- Horário: de 19h às 22h30
Local: SHIN QI 1 conj. 10 cs 04 - Lago Norte
Valor: R$ 95

Cardápio:
   Strogonoff de Filé Mignon
Escalope e Medalhão ao molho madeira
Filé Chateaubriand ao molho cítrico
Informações gerais:
- Não é necessário trazer nenhum material ou traje específico.
- A escola disponibiliza avental, touca e os utensílios de cozinha que serão utilizados na aula.
- Será distribuída apostila com as receitas.
- Bebidas (refrigerante, água com gás e bebida alcoolica) são cobradas a parte, exceto água que está incluída no valor.
- Haverá degustação de todas as receitas ministradas.
- A escola é sem fins lucrativos e a renda é destinada aos Cursos de Culinária Básica para pessoas de baixa renda oferecidos pelo Projeto Profisa.
- O pagamento poderá ser feito no dia ou antes por transferência ou depósito bancário.
(BB ag: 4886-0 c/c: 960459-6. Em nome de Maria Nazareth Buralli)
Caso tenha dúvidas ou queira saber mais sobre o Projeto Profisa é só entrar em contato.
Marcela 8407-3415 / maburalli@gmail.com
Aguardamos você!
Um grande abraço,
Equipe Projeto Profisa.